sábado, 9 de abril de 2011


Cá estou. Tenho apenas as lembranças de nós, de nossa vida, de nosso amor. Pelo menos eu acho que nós tinhamos isso. Isso mesmo querida; acho ! Uma pena... Mas hoje essa é a nossa realidade. Ou pelo menos a minha.
Cá estou. Choro. Choro pois imaginei que seria eterno. Desespero-me. Ponho meus pensamentos em conflito. Repasso nossa historia dezenas de vezes e não consigo saber o que deu errado. Talvez nem tenha dado errado. Apenas não era pra ter acontecido.
Cá estou. Recordo-me dos traços teus como se fosse hoje. Tu não precisavas dizer nada. Conquistava-me apenas por existir. Eu te amava. Quer dizer; eu ainda te amo.
Cá estou. E estou quase certo de que não adianta fazer nada, procurar nada, achar nada. Pois pra você, tudo que nós tivemos não passou de nada.
Cá estou. Seguindo.
E você, onde estas ?

... Outro dia lhe vi na rua. Você usava um vestido preto e esbanjava sensualidade. Continuava linda. Parecia bem feliz. Quase me convenci de que de que era mesmo verdade o que andavam me dizendo.. " Sua amada esta mais feliz do que nunca. " Mas alguma coisa no seu olhar me fez desacreditar. Eu te conhecia bem, e pelo que me consta fumar cigarro de filtro amarelho so lhe era agradavel para acalmar os animos. E se está feliz , porque fuma-los ?
Tive vontade de correr atras de ti, e fazer-te entender que eu posso e sei fazer você feliz. Mas não, eu não o fiz.
Deixei você desaparecer das minhas vistas e mais uma vez doeu. Não doeu tanto como das outras vezes, mas doeu um bocado. Levei algum tempo pra recompor minhas forças, e segui em frente.
Segui em frente porque talvez eu me encontre em algum lugar. E se eu parar, talvez eu nunca vou me encontrar...

2 comentários:

  1. Sempre leva tempo e desgaste recompor as forças quando alguem se vai...que o coração sare rápido! bjs

    ResponderExcluir